Para Sempre Bagdá



Olá Devoradores!
Acabou de chegar ao meu e-mail mais um lançamento da nossa parceira Editora Baraúna.
O livro parece ser muito bom, mas vamos ai que interessa né.

Para Sempre Bagdá
Para Sempre Bagdá revela momentos marcantes da história contemporânea do Iraque, com mensagens e reflexões de alcance universal, sem ser mero livro de história.
Descortinam tradições islâmicas e aspectos culturais, políticos e ideológicos em guerras de Saddam Hussein. Estórias dentro da história, dela inseparáveis. Ficção e não ficções se mesclam, em perfeita harmonia. O autor se projeta como narrador e protagonista de fatos vividos, não raro ao lado de personagens que parecem reais, sem desprezar o tempero da fantasia e do humor, na dose certa, para tornar gostosa a leitura da obra.
    “...Não desprezava a máxima socrática: “Conheça-te a ti mesmo”. Reconhecia, porém, que era mais fácil conhecer o inimigo do que a si mesmo, verdade que lhe parecia inquestionável e de que ninguém escondia....” (Trecho extraído do livro)

Fugindo um pouco das historias sobrenaturais e indo para um lado um tanto quanto real. Esse livro parece ser do tipo que quem gosta de história iria gostar muito, o que não muito o meu caso ^^.
Eu adorei a capa, parece aquarela, sempre gostei de desenhos assim.
Agora vamos conhecer um pouco mais sobre o autor e onde encontrar para compra.

Sobre o autor:
Márcio Nogueira Valadares Vasconcelos, advogado, poeta e escritor, nasceu em Belo Horizonte, em 26/07/1947. Em 1979, aceitou o desafio de trabalhar na consultoria jurídica da Mendes Junior no Iraque. Logo depois, eclodiu a guerra Iraque-Irã, que vivenciou por oito anos. Em seguida, a crise do Golfo de 1990, que culminou em conflito com os Estados Unidos e aliados. Desafios profissionais, viagens a diversos países, pela sua empresa. Dois dos filhos nascidos às margens do Rio Eufrates. Viveu intensamente o trágico e o cômico dos peões brasileiros, fontes vivas desta obra.

Você pode comprar na Editora por apenas R$ 30,00, aproveita.

Abraços e até a próxima.

Um comentário:

  1. Obrigado pela dica do Para Sempre Bagdá. Muitos dos meus amigos também o leram e consideram o livro uma obra-prima. Recomendação super válida!

    ResponderExcluir